Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 23 de junho de 2011

A SUCCESS EXPERIENCE

Leitura, escrita e diálogos para entender o imperativo



PROF. Ariane F.Barros
Língua Inglesa - Pós-Graduanda / UNESP

 Visando estimular os alunos a usar esse tempo verbal com propriedade, ARIANE FERREIRA BARROS, professora do 9º ano do Sesi, em Carapicuíba, na Grande São Paulo, propôs que eles lessem e escrevessem textos que trouxessem os imperativos em diversas situações. Para isso, mostrou uma série de exemplos. Neles, apareciam diferentes estruturas, e não apenas imperativos, o que permitiu a ampliação do repertório dos estudantes.

Isso foi importante para resolver um dos maiores problemas da turma: traduzir palavras do português para o inglês ao pé da letra, sem utilizar as expressões próprias dessa língua. Na execução das tarefas, a moçada teve de mobilizar diversos conhecimentos, incluindo os verbos no imperativo aprendidos no 7º ano e retomados naquele momento de forma mais aprofundada.

O trabalho da professora prevê que os alunos usem o inglês em situações que simulem atividades reais. E dessa vez não foi diferente. Lendo receitas, identificando a presença de verbos no imperativo e a regularidade de sua posição nos textos (sempre no início das frases), os estudantes compreenderam a objetividade da linguagem usada nas receitas. A próxima etapa do trabalho foi a discussão e a escrita de textos que orientariam uma simulação de diálogo num restaurante para que desenvolvessem também a oralidade: "come in, sir" (entre, senhor), "take your place, please" (ocupe seu lugar, por favor) ou "wait a minute, please" (espere um momento, por favor). Desse modo, Ariane mostrou situações em que os imperativos podem aparecer, além das trabalhadas anteriormente.

Parte Integrande do artigo de Beatriz Santomauro / REVISTA ESCOLA

Nenhum comentário:

Postar um comentário